Em fuga

2015

Renato Dos Santos II adicionou 3 novas fotos. Para quem ainda não entendeu o que significa ter que fugir para não ter que morrer pela guerra e pela fome, aqui vai algumas fotos elucidativas desta tragédia.
Para quem ainda não entendeu o que significa ter que fugir para não ter que morrer pela guerra e pela fome, umas fotos elucidativas . Fonte: Renato Dos Santos II                
                                                                        Saiba mais visitando a página violência.
                                             

War/No More


“Playing for Change é um movimento multimídia criado para inspirar, conectar e trazer paz ao mundo através da música. A idéia deste projeto surgiu a partir de uma crença comum de que a música tem o poder de quebrar fronteiras e superar as distâncias entre as pessoas. Não importa se as pessoas vêm de diferentes geográficas, políticas, econômicas, espirituais ou ideológicos, a música tem o poder universal de transcender e unir-nos como uma única raça humana. E com essa verdade firmemente em nossas mentes, partimos para compartilhá-lo com o mundo.”

Fonte

Pieter Brueghel – (cerca de 1527/1569)

O  conjunto da  produção de Brueghel reflete as atribulações de uma época de confusão e de mudanças marcada pelas guerras de religião. O triunfo da morte  permanece atual.

Mais

Francisco de Goya (1746/1828)

Na serie "Os desastres da guerra" , Goya reflete na sua obra gráfica a brutalidade e barbárie a que se chegou na Guerra da Independência Espanhola.

Os desastres da guerra supõem uma visão da guerra na qual a dignidade heroica desapareceu, uma das características da visão contemporânea dos conflitos. O único que aparece em Goya é uma série de vítimas, homens e mulheres sem atributos de representação, que sofrem, padecem e falecem numa gradação de horrores. Trata-se de uma visão de denúncia das consequências sofridas pelo homem em tanto que ser civil, despojado de simbologia e parafernália bélica. Neste senso pode-se ver como uma obra precursora das reportagens de guerra da imprensa atual comprometida com as catástrofes humanitárias.

Saiba mais sobre o artista